Home


publicações
16

Mar 2018

Por: Instituto Liberal de Minas Gerais
Colunas | Economia

O consumidor é soberano

A controversa Lei dos Mercados de Say, o processo de mercado e a soberania do consumidor A “Lei dos Mercados” do economista francês Jean-Baptiste Say (1767-1832) é alvo recorrente de discussões. De um lado, economistas keynesianos, que interpretam tal lei como sendo “a oferta cria sua própria procura” (falei um pouco dessa visão equivocada aqui), do […]

Leia Mais
05

Mar 2018

Por: Instituto Liberal de Minas Gerais
Colunas | Economia

Keynes estava errado

A economia de Keynes: uma crítica austríaca Apesar de nos dias de hoje o keynesianismo ser considerada uma linha de pensamento econômico heterodoxa, ela ainda se encontra no centro dos debates econômicos, ganhando um destaque ainda maior após a crise econômica de 2008. No Brasil, o debate econômico tornou-se ainda mais intenso, isso devido ao […]

Leia Mais
28

Feb 2018

Por: Instituto Liberal de Minas Gerais
Colunas

Por uma educação sem Estado

Quando olhamos para os dados e os resultados da educação no Brasil, sempre temos essa impressão de que existe muita coisa errada na maneira como o tema é conduzido. Não importa que tenhamos investido quase 6% do nosso PIB na educação, pois mesmo assim, não temos conseguido melhorar, de forma significativa, a qualidade do ensino […]

Leia Mais
23

Feb 2018

Por: Gabriel Sapucaia
Colunas

Fiscalizar o poder executivo: uma necessidade democrática

Nossa Constituição prevê como funções principais do Poder Legislativo, a criação de leis e a fiscalização do executivo. O artigo 70 do Texto Constitucional estabelece expressamente que a fiscalização contábil, financeira, orçamentária e operacional da União, dentre outras, tem de ser exercida pelo Congresso Nacional. A norma é repetida pelas Constituições Estaduais e Leis Orgânicas […]

Leia Mais
21

Feb 2018

Por: Instituto Liberal de Minas Gerais
Ciências econômicas | Colunas | Economia | Mises

O método praxeológico e sua rejeição

A década de 1870 é um ponto de inflexão na historiografia econômica, nela a chamada revolução marginalista marca a ruptura da Ciência Econômica com a objetividade do valor. Nesse período três economistas, Carl Menger (1840-1921), Léon Walras (1834-1910) e William Stanley Jevons (1835-1882), de forma independente, descobriram a fundamentação subjetiva do valor com base na […]

Leia Mais

Faça uma doação

Através das doações viabilizamos a realização das nossas atividades.

contato@ilmg.org.br